Arquivos da categoria: Rituais

Prática de Mantras no Navaratri

PrintEscolha um lugar calmo e tranquilo aromatizando com óleo essencial de lavanda que traz aquietamento. Se possível coloque as estátuas de Durga, Lakshmi e Saraswati neste local.

Se você não tiver as estátuas crie uma visualização mental usando sua criatividade. Ofereça incenso, flores e frutas às três.

Peça seus desejos com atenção e intenção a cada uma delas e repita se possível 108 vezes o mantra para cada uma:

Durga – OM DUM DURGAYE NAMAHA
Lakshmi – OM SHRIM LAKSHMIYE NAMAHA
Saraswati – OM AIM SARASWATIYE NAMAHA

E preste atenção nos resultados. Você pode se surpreender!!!!!!

Navaratri e as Deusas Indianas

Ilustrações: Maneco Cabral

Você já ouviu falar em NavaRatri? Pois bem – durante nove noites veneramos três grandes deusas indianas.

Ao colocarmos nossa atenção e intenção nesse ritual acionamos os seus arquétipos energéticos dentro de nós. E se realmente fizermos com intenção profunda e muita reverência elas nos ajudam em nossa evolução espiritual.

3
A primeira delas é Durga  – consorte de Shiva ela é guerreira. Montada em um leão ou tigre vai à lutar para salvar seus filhos (os seres humanos) e ao mesmo tempo os protege. Ela  é a representação da dualidade da firmeza da guerreira e da doçura da mãe que ajuda seus filhos na travessia de águas turbulentas durante a vida.

Print

Lakshmi é a representação maior da abundância, prosperidade, beleza e feminilidade. Consorte de Vishnu o mantenedor ela confere a seus devotos abundância e riqueza.

saraswati

Saraswati é a deusa do conhecimento, das artes e da musica. Consorte de Brahma ela co-cria o universo com sua sabedoria .

Astrologia e você!

_A266E como prometido, aqui estou eu novamente para falarmos um pouco mais sobre a astrologia – considerada uma das terapias divinas da tradição milenar indiana. Através desse estudo podemos trabalhar nossos karmas passados, entender nossas potencialidades e dificuldades e aprender ferramentas para facilitar nossas vidas.

Descobrir o dharma – o propósito de vida – é uma das infinitas possibilidades de evolução. Segundo Sri Sri Yukteswar, mestre de Paramahansa Yogananda, uma criança nasce no dia e hora exatos em que os raios celestes estão em harmonia matemática Karma e Dharma.

Essa semana vou compartilhar um pouco mais sobre essa ciência que tanto me encanta!

Um caminho de rituais

Fotos por Marcella Karman da Fazenda Lila

This slideshow requires JavaScript.

Como muitos já sabem, celebrar rituais é uma minha paixão. Acho que já fui sacerdotisa em outras vidas… E quero continuar sendo.

Ao fazer a cerimonia do batismo do Luca, pedi a todas as pessoas presentes que colocassem sua atenção e intenção para dar sentido ao momento.

Pedi a todos também que aproveitassem essa oportunidade para celebrar o seu rito de passagem individual, começando uma nova vida como se estivessem entrando nela nesse momento pela primeira vez.

E logicamente que colocassem sentido em seus dias daqui para frente. Vamos aprender a viver de maneira a que valha a pena estar vivo!

Tenho a certeza, no fundo do meu coração, que esse foi o primeiro de muitos rituais que serão feitos na Fazenda Lila daqui para frente!

A semente está lançada…

Se você se inspirou a celebrar momentos importantes da sua vida dessa forma entre em contato e vamos combinar: (11) 3168.5096

Ritual de bodas!

This slideshow requires JavaScript.

Neste último final de semana fui para Salvador celebrar bodas de rubi e gostaria de compartilhar com voces essa experiência que para mim foi inesquecível! Que lindo ver um casal em harmonia depois de 30 anos de uma vida em comum. Isso é muito raro nos dias de hoje já que ninguém mais exerce a qualidade da paciência.

Tudo foi preparado com imenso carinho à la indiana. Logo na entrada do salão um imenso painel com as figuras de Ganesha,  Shiva e Lakshmi. Na frente deste painel uma mesa com um bolo imitando o Taj Mahal. Como vocês devem saber o Taj Mahal foi construido em celebração a um grande amor.

Internamente as paredes eram cobertas por arcos imitando também os palácios dos marajás dando assim uma amplitude ao espaço. Tudo muito lindo e feito com esmero e amor que podiam ser sentidos em cada detalhe.

O amor é o sentimento mais nobre que o ser humano pode experienciar. Aprender a amar é a grande missão do ser humano neste planeta.

E como bem disse Charles Chaplin, o ser humano não morre quando deixa de viver mas sim quando deixa de amar.

O amor se transforma durante a vida. Com o passar do tempo a enfatuação, a paixão se abrandam, dando espaço a um sentimento mais profundo de amizade, companheirismo, respeito e confiança.
A vida se torna um compartilhar, um fluir depois de tantos anos de união. Um já conhece o outro nos pequenos detalhes.

Mas o amor é como uma semente que exige cuidados diários para poder desabrochar dando frutos e flores. A naturalidade para que cada um seja o que é,  a intimidade, o falar e escutar, a transparência das ações, o respeito mútuo, a confiança, o entendimento sãp importantes para que a chama do amor se mantenha sempre viva.

União com liberdade de ser é fundamental.

E precisamos sempre lembrar de trazer encantamento e romance para o nosso dia- a -dia. E por último mas não menos importante devemos sempre viver a vida em Leela – com leveza, dançando a dança cósmica do universo.

E lembrem-se: o ego é sério mas o espírito é brincalhão. Portanto sorria, seja leve e solto! Dessa maneira você se torna responsável pela sua felicidade. E… como é bom ser feliz!

Concurso da celebração!

This slideshow requires JavaScript.

Fotos de Olivian Moioli Fotografia e Christian Castanho Fotografia

Que tal trazermos a prática de celebrar para o nosso dia-a-dia? Use sua imaginação para inventar, criar maneiras diferentes e individuais para celebrar as pequenas coisas da vida.

Comece ouvindo sua voz interior para receber uma inspiração certeira!

Mas lembre-se que para ouvir sua voz interior é preciso aquietar a mente através de uma pequena prática de respiração e meditação (AQUI e AQUI tem áudio para práticas conduzidas).

Celebre o amor com um jantar a luz de velas, celebre uma amizade com uma delicadeza especial em relação a esse amigo, celebre uma boa nota de seu filho na escola, celebre com sua mãe, seu pai, enfim… com quem você quiser.

E aqui lanço um desafio a todos os meus seguidores: começamos agora um concurso em relação a novas maneiras de celebração. Publiquem suas idéias como comentários desse post, ou na minha página do facebook ou ainda mande por email para o contato@marciadeluca.com! Fotos das celebrações também valem, vou montar um lindo álbum do facebook! Aguardo sua participação até o dia 20 de setembro!

A idéia mais original ganhará uma super Abhyanga – tratamento ayurvedico feito com óleo morno com a Bia Farah – minha querida companheira de jornada.

Até eu queria ganhar o concurso…. só para passar pelas mãos divinas da Bia!!

 

A importância dos rituais

A humanidade esqueceu de celebrar! Quero ser fonte de inspiração para todos vocês no resgate desse lindo conceito.

Tenho, sem dúvida, uma veia de sacerdotisa que me faz amar  rituais para a celebração de  ritos de passagem como batismo, casamento ou bodas.

Mas o importante mesmo é re-aprendermos a celebrar as pequenas coisas da vida – com atenção e intenção para que cada momento se torne único e individual.

Dessa maneira conferimos poder e uma energia infinita a elas.

Adoro também fazer pequenos rituais de fogo dentro da tradição védica  para proteção, prosperidade e para reverenciar as diversas divindades que representam os arquétipos energéticos dos seres humanos.

E abaixo um vídeo LINDO de um casamento que celebrei, para inspirar mais amor a todos!

Ritos e cerimônias

20140222_105818A celebração de rituais é uma das minhas grandes paixões nesse momento da minha vida. Costumo brincar que já fui sacerdotisa em outras encarnações…

E quero mesmo retornar a esse caminho com força total. Meu coração se alegra quando faço essas celebrações. E acreditem, as faço do mais profundo do meu ser, do fundo do meu coração.

Minha proposta é resgatar a celebração dos ritos de passagem que norteiam a vida de todos os seres humanos como por exemplo nascimento, batismo, primeira menstruação, casamento, bodas, morte.

Através deles procuro passar uma mensagem de poder, de fortalecimento, de espiritualidade não só para a pessoa ou pessoas envolvidas mas como também para todos que estão presentes.

Afinal, para que viver sem significado, não é mesmo?

Essa semana vou falar mais sobre isso no blog, apareça por aqui!

Comemorando mais um ano!

A cada dia que passa dou mais e mais importância ao ato de celebrar!
Celebrar cada momento importante das nossas vidas para que eles se tornem de alguma maneira inesquecíveis. Colocando atenção e intenção em cada detalhe.
A vida passa, o tempo urge e com a correria não vemos o extraordinário até mesmo atrás das simples coisas da vida. Que tal começar agora? Nunca é tarde demais e tenho certeza, vale muito a pena.

This slideshow requires JavaScript.

Quero compartilhar com vocês a passagem do meu aniversário que foi muitooooooo celebrado.

Passei um lindo final de semana com minhas filhas, genros e netinhos no Hotel Toriba em Campos do Jordão. Aliás esse é um rito de passagem na minha vida. Há vários anos comemoro meu aniversário com a minha “tropa querida” neste hotel onde passei todas as férias da minha infância.
Memórias do passado que vêm à minha mente, trazendo recordações longinquas.

E como no universo tudo é ciclico, cá estou eu de volta vendo Isabela, Henrique e João Pedro descerem pelo famoso escorregador deste local.

Os garçons que já nos conhecem são gentis e delicados. Nos sentimos em casa, com o aconchego das várias lareiras. Com direito a bolo, parabéns e champagne!

Mas tive a sorte de ter outra comemoração deliciosa. A minha querida e amada amiga Laly Mansur ofereceu um lindo almoço no Bilboquet para todo nosso grupo de estudos. Comemoramos divinamente o aniversário da Laly, Dorinha Zarzur e o meu em grande estilo.

Vejam que lindo o bolo!

Se você nunca foi ao Bilboquet…..não sabe o que está perdendo! Experimente, você vai adorar.
E aproveite para celebrar, use a imaginação e crie…. invente, reinvente e seja feliz!

Celebrar é preciso!

E nesse momento, aproveito a oportunidade para agradecer – do fundo do meu coração tudo de bom que recebo da vida. Minha gratidão eterna por estar em paz!

 

Rituais do feminino

_A007Como vocês sabem, passei uma semana com os Maoris – aborígenes da Nova Zelândia dando atendimento de cura no meu espaço. Como eles ficaram hospedados em minha casa, tive muita oportunidade de ouvir seus ensinamentos milenares e sagrados.

Atarangi Muru – a única mulher do grupo – é dedicada aos estudos do feminino.

E eles repetem incessantemente que toda mulher recebeu um presente do Criador (um ser muito maior do que nós) no momento de seu nascimento. O pecado maior é que não nos damos conta disso e não reconhecemos esse dom.

Desperdiçamos tudo isso por ignorância dos fatos.

O papel da mulher é de extrema importância para a cura do nosso planeta. E tudo depende das nossas escolhas.

Vamos então, sem perda de tempo, abraçar esse dom e dedicá-lo não somente em benefício próprio mas em benefício de toda a  humanidade.

Todas as minhas aulas de Yoga no YogaFlow são totalmente direcionadas para que cada mulher encontre esse poder que vem de hridaya – coração espiritual em sânscrito.

Segundo as tradições antigas devemos aprender a celebrar todos os ritos de passagem das nossas vidas.

As mulheres devem se conscientizar do sagrado da virgindade, comemorar o primeiro ciclo menstrual, respeitando seus ritmos conectados com os movimentos da lua.

E logicamente, como sou vidrada em rituais, adorei esse conceito. Já estou criando um ritual para celebrar esse rito de passagem tão importante na vida das meninas.

Que elas recebam desde tenra idade o conhecimento de quão importante é se tornar mulher e honrar esse papel!

Necessário também é que as avós se conscientizem que elas tem um papel fundamental na formação do caráter de seus netos. Todo o conhecimento da filosofia dos Maoris é transmitido de avós para netos. As avós devem  se dedicar a inspirar seus netos nessa evolução espiritual.

Dessa maneira, a conexão com essa fonte maior será permanentemente preservada.